O Grupo Vida, de acordo com nossa Política de Gestão, adota os seguintes princípios para os Valores Integridade e Gestão de Pessoas

  1. TRABALHO INFANTIL: O Grupo respeita os direitos da criança expressos pela Resolução 146 da Organização Internacional do Trabalho (OIT), não permitindo a utilização do trabalho infantil (menores de 18 anos em locais sujeitos a periculosidade real ou presumida, nem menores de 16 anos em qualquer de suas instalações).
  2. TRABALHO FORÇADO: O Grupo não utiliza a prática de trabalho forçado nem exaustivo, permitindo a saída do local de trabalho sem prévia autorização e adotando as jornadas de trabalho previstas nos acordos coletivos obtidos através das entidades que os representam. 
  3. SAÚDE E SEGURANÇA: O Grupo proporciona ambiente de trabalho seguro e saudável, que inclui acesso à água potável, banheiros limpos, instalações confortáveis e higiênicas, fornece equipamentos de segurança individual e coletivo, proporciona treinamentos para seus usos, bem como avalia riscos e monitora o desempenho das atividades com o objetivo de adotar medidas e práticas para prevenir acidentes e danos à saúde.   
  4. LIBERDADE DA ASSOCIAÇÃO E O DIREITO À NEGOCIAÇÃO COLETIVA: O Grupo assegura o direito de todos os funcionários de formar ou associar-se a sindicatos, bem como negociar coletivamente, assegurando que não haja represálias.  
  5. DISCRIMINAÇÃO: O Grupo coíbe qualquer atitude de discriminação por raça, classe social, nacionalidade, religião, deficiência, sexo, idade, orientação sexual, associação sindical ou política.  
  6. CONTRATAÇÃO: Os trabalhadores não poderão ter documentos retidos ou pagarem quaisquer taxas ou fazerem depósitos com o objetivo de participar de processo seletivo ou obter sua contratação.Cumprimos com a legislação e normas de nosso ramo de atividades.  
  7. REMUNERAÇÃO: O Grupo assegura que os salários pagos satisfaçam os padrões mínimos locais, devendo estar em conformidade com as categorias sindicais que os representam. 
  8. ABRANGÊNCIA: Não mantemos relacionamentos com entidades que reconhecidamente não atendam os princípios acima.